Casa Internacional de Oração nega a informação de que planeja fechar

A Casa Internacional de Oração em Kansas City (IHOPKC), nos EUA, negou uma informação de que o ministério está em processo de fechamento, mas diz que está em uma fase de reestruturação que encerrará alguns aspectos de suas operações este ano, incluindo sua escola de ministério.

“Em uma palavra, o IHOPKC NÃO está fechando”, disse o ministério ao site cristão The Christian Post em uma declaração na segunda-feira.

“Para dizer o óbvio, os últimos seis meses foram um teste para os pontos fortes e a força de nossa organização baseada em missões. Ao longo desses últimos meses, nossa equipe de liderança se esforçou incansavelmente para revisar e analisar toda a estrutura organizacional do IHOPKC e as muitas missões que realizamos ao longo de nossos 24 anos de existência”, continuou a declaração. “Essa revisão e reflexão levou a decisões internas para iniciar um processo de transição e reorganização, o que nos permitirá focar em nossa missão principal, mas lidar com as realidades das finanças.”

O Roys Report, citando uma gravação vazada de líderes em uma reunião interna da equipe da IHOP University, bem como um e-mail do presidente da IHOP University, Matt Candler, informou esta semana que a IHOPKC estava em processo de fechamento definitivo devido ao impacto financeiro do escândalo de abuso sexual do fundador Mike Bickle. A IHOPKC cortou permanentemente os laços com Bickle em dezembro passado.

Na declaração, a IHOPKC insistiu que o ministério pretende continuar, apesar de estar desativando a IHOPU, sua escola ministerial.

“NÃO estamos fechando a sala de oração 24 horas por dia, 7 dias por semana; ela continua sendo um dos principais pilares de nossa existência. Pretendemos analisar a funcionalidade de vários locais operacionais e provavelmente consolidaremos vários deles. Também decidimos concluir a operação da IHOPU, nossa escola ministerial, após a formatura deste ano”, disse o ministério.

As autoridades do ministério também pareceram negar as alegações de que estão tentando escapar da responsabilidade ligada às alegações de abuso sexual contra Bickle.

“Apoiamos e continuaremos a apoiar toda e qualquer vítima de abuso, sexual ou não, seja aqui na IHOPKC ou em qualquer lugar da comunidade. Para ser claro, não houve nenhuma ação judicial contra o IHOPKC; as alegações de má conduta anterior pertenciam a um indivíduo, não à nossa organização”, disse o ministério.

“Ao procurarmos criar uma versão ‘melhorada’ do IHOPKC, podemos fechar algumas janelas de nossa missão enquanto abrimos outras, mas, mais uma vez, o IHOPKC NÃO está fechando”, acrescentaram as autoridades.

Líderes do IHOPKC, incluindo o presidente da Universidade IHOP, Matt Candler, revelaram que o ministério estava perdendo cerca de US$ 500.000 por mês devido ao fato de os doadores estarem muito ligados a Bickle, observou o The Roys Report.

“A IHOPKC como organização está começando a diminuir”, disse Candler na gravação que vazou da reunião. “Vamos manter nossa sala de oração e, eventualmente, começar uma nova organização.”

Isaac Bennett, que lidera a Igreja Forerunner da IHOPKC, também observou que os processos judiciais das vítimas do escândalo de abuso sexual de Bickle apresentaram ao ministério “responsabilidades significativas”.

“No final das contas, somos nós que processamos”, disse ele. “Isso produz responsabilidades significativas”.

Boz Tchividjian, neto de Billy Graham, advogado e defensor de longa data de sobreviventes de abuso sexual, que está representando uma das supostas vítimas de Bickle, disse que se os líderes da IHOPKC acreditam que o ministério pode simplesmente fechar e depois ressurgir como uma organização rebatizada para escapar da responsabilidade, eles estão vivendo na “terra da fantasia”.

“A noção de que eles podem simplesmente fechar e começar uma nova organização e que toda a responsabilidade potencial anterior será eliminada é uma fantasia”, disse ele à agência de notícias. “De repente, pegar toda a propriedade e colocá-la em nome de [uma] nova organização para limitar a responsabilidade seria o que eu acredito ser chamado de transferência fraudulenta. Um tribunal não permitiria isso”.

Bennett supostamente explicou na gravação que vazou que, embora a IHOPKC tenha procurado diferentes maneiras de lidar com o escândalo Bickle, eles não encontraram nenhuma maneira de contornar a responsabilidade a que a organização foi exposta como resultado das alegações de que o ministério lidou mal com as alegações de abuso.

“Nos casos em que há abuso de clérigos, em que há alegações pendentes – quando agora há interesse em realizar uma investigação que percorra todos os nossos 24 anos de história para encontrar casos em que houve mau tratamento de abusos, ou em que houve encobrimento, ou qualquer outra coisa que as pessoas acreditem que tenha acontecido – essas coisas produzirão inevitavelmente um contingente de indivíduos que desejam obter restituição”, disse Bennett. “E eles não vão bater na porta de Mike porque, bem, ele provavelmente não atenderá. Mas eles não vão bater na porta de Mike porque ele não tem dinheiro. Mas o IHOPKC tem instalações.”

Folha Gospel com informações de The Christian Post

The post Casa Internacional de Oração nega a informação de que planeja fechar first appeared on Folha Gospel.


Postagens relacionadas

Publicados por

Expresso Post

Expresso Post

enter image description here ~~~~


Seja bem-vindo(a) ao canal "Expresso Post". Este canal existe para trazer até você notícias e informações sobre o Brasil e o Mundo: Política, economia, esportes, ciência, cultura, educação e outros temas relevantes. Todas as postagens aqui apresentadas são manchetes das mais diversas agências de notícias, do Brasil e do exterior. A Rede Social Oikos não tem a pretensão de direitos autorais ou de qualquer outro crédito ao disponibilizar conteúdo simplificado de notícias sobre o que está acontecendo no Brasil e no Mundo. Tenham todos uma ótima leitura!